DR. LUCAS SENRA CORRÊA CARVALHO

CRO/RJ 29822

ESPECIALISTA EM ORTODONTIA

Centro de Ensino Superior de Valença, FAA, Brasil.

MESTRADO EM DTM E DOR OROFACIAL

Centro de Pesquisas Odontológicas São Leopoldo Mandic, SLMANDIC, Brasil.

MESTRADO EM NEUROCIÊNCIAS

Universidade Federal Fluminense, UFF, Brasil.

ADVANCED COURSE IN TMD AND OROFACIAL PAIN

Faculty of Odontology, Malmö University, Suécia.

DOUTORANDO EM NEUROCIÊNCIAS

Universidade Federal Fluminense, UFF, Brasil.

ESPECIALIDADES ODONTOLÓGICAS

CIRURGIA ORAL MENOR

Extrações dentárias e siso incluso, remoção de cisto e outros processos patológicos.

CLAREAMENTO

O clareamento dental pode ser realizado basicamente de duas maneiras: No consultório ou de modo caseiro. Para qualquer tipo de clareamento é necessário uma avaliação individual de cada paciente, podendo assim indicar e prescrever técnicas.

Em consultório:

Exigem pelo menos 2 sessões de cerca de 01:30h e o gel que é utilizado em concentração maior é ativado por uma fonte de luz (LED, laser ou associação dos dois). Este gel somente é indicado para uso profissional pois requer cuidados especiais.

Tratamento caseiro:

O clareamento caseiro é feito com gel de menor concentração e moldeiras de silicone. Para apresentar resultados, o tratamento caseiro demora 15 dias e o uso do gel e da moldeira varia de 1 a 6 horas por dia.

DENTÍSTICA

É o ramo da odontologia que atua na área da cosmética e restauração dental. Entre outros serviços, os profissionais desta especialidade tratam de clareamentos dos dentes, uso de resinas diretas, facetas e restaurações estéticas. O seu principal foco é a estética, ainda que a restauração de dentes também seja uma medida importante para a saúde individual, já que a permanência de cáries pode causar problemas a vários níveis, além de criar problemas na mastigação dos alimentos. Pesquisa os vários tipos de preparações dentárias, a relação dos materiais restauradores com a estrutura dentária e o resto do organismo, técnicas restauradoras, etc. Tornando possível ao cirurgião-dentista restaurar de forma direta ou indireta a estética e a função dos dentes comprometidos.

DTM E DOR OROFACIAL

Disfunção temporomandibular e dor orofacial é uma área recente da odontologia, que trata das alterações patológicas da articulação temporomandibular (ATM) e das dores do processo estomatognático e faciais. As DTMS (disfunções temporomandibulares) são alterações patológicas relacionadas à articulação temporomandibular (ATM), que articula o crânio e a mandíbula podendo ser tanto da parte muscular mastigatória, ligamentar e nervosa, na região buço-facial ou cervical. Estas articulações funcionam em dupla. Pode ter como consequência dores de cabeça ou pescoço, ruídos articulares (estalos), zumbidos ou plenitude no ouvido, limitação de abertura bucal, desgaste nos dentes e dificuldades na mastigação. De etiologia ainda não definida, acredita-se em fatores de risco como estresse, hábitos deletérios, bruxismo, trauma na região da cabeça e pescoço, má-postura e má-oclusão.

ENDODONTIA

Mais conhecido como tratamento de canal, onde temos a remoção da polpa, através de um tratamento químico mecânico da parte interna do dente e preenchimento com material obturador. Dentre os principais sintomas estão dor latejante e espontânea, devido a uma cárie profunda. Em casos de alterações por cárie, fraturas dentárias, trauma dentário, necessidades protéticas e outras patologias endodônticas, o tratamento endodôntico (ou o tratamento de canal) está indicado, visando a manutenção do dente na cavidade bucal, e a saúde dos tecidos periapicais. Ocorre após esse tratamento, enfraquecimento do dente (estando mais susceptível à fratura) e escurecimento.

IMPLANTODONTIA

Consiste na colocação de pinos de titânio internamente ao osso, o que possibilita a colocação de coroas protéticas sobre os mesmos, substituindo desta forma os dentes. Especialidade que permite a reposição de um dente que foi perdido ou mais de um, possibilitando a colocação de próteses sem o desgaste dos demais dentes. Há casos em que se reabilitam arcadas inteiras com o uso de implantes.

Para quem não conhece um implante, basta ter a idéia que nada mais é que uma raiz artificial, ou seja, é um cilindro com rosca semelhante a um parafuso, de titânio, que é colocado através de uma cirurgia no local previamente planejado e que não tenha mais raiz natural. Após um período de espera determinado pelo cirurgião dentista é feito o molde para confecção do dente sobre implante. Esse tempo de espera pode ser necessário para que o osso fixe melhor ao implante. Em alguns casos o paciente já sai com um provisório fixado no implante após a cirurgia, caso contrário, usará um provisório convencional sem apoiar no implante. Tudo dependerá das dimensões, tipo de osso e implante a ser fixado.

Enxerto ósseo:

Tem como objetivo recuperar o volume ósseo, possibilitando a colocação de implantes e auxiliando no processo de manutenção e suporte dos contornos labiais.

Carga imediata:

Técnica segura e frequentemente aplicada em que a prótese é colocada no mesmo dia da cirurgia de instalação do implante. Tem como vantagem o amparo estético e conforto mastigatório imediato.

ODONTOPEDIATRIA

Leve seu filho ao dentista antes de nascerem os primeiros dentinhos.Você deverá receber todas as orientações sobre limpeza, aplicação de flúor e sobre a dieta alimentar.

ORTODONTIA

A ortodontia é a especialidade da odontologia relacionada ao estudo, prevenção e tratamento dos problemas de crescimento, desenvolvimento e amadurecimento da face, dos arcos dentários e da mordida, ou seja, disfunções dento-faciais. Pode ser dividida em ortodontia fixa (com braquetes e bandas coladas aos dentes) e removível (aparelhos removíveis). No adulto, quando as bases ósseas estão muito discrepantes, indica-se a cirurgia ortognática. Na criança em desenvolvimento estas discrepâncias podem ser tratadas com aparelhos fixos e em alguns casos com aparelhos ortopédicos. Esta especialidade busca uma boa oclusão e alinhamento dos dentes. Para que haja a correção dos muitos tipos de desvios se faz necessário o acompanhamento profissional e a indicação correta dos mais diferentes tipos de aparelhos ortodônticos fixos ou móveis para cada caso.

PERIODONTIA

As doenças periodontais são as principais causadoras das perdas dentárias, sendo que o grande responsável pela doença periodontal é a placa bacteriana. Sendo o primeiro estágio a gengivite, esta é caracterizada pela vermelhidão, sangramento e inchaço das gengivas. A gengivite não tratada pode se desenvolver para uma periodontite, onde ocorre a perda óssea, perda de sustentação do dente elevando a mobilidade e posteriormente perda dos elementos dentários.

PRÓTESE

Reabilitação oral por meio da colocação de próteses totais, parciais ou unitárias, fixas ou removíveis, sobre os implantes ou sobre o rebordo alveolar e facetas estéticas. A prótese dentária (ou prótese dental) é o artefato que se propõe a substituir a função original dos dentes perdidos ou ausentes. Podendo ser classificada como:

  • Prótese fixa unitária (elementos isolados);
  • Prótese fixa com mais de um elemento (pôntico);
  • Prótese parcial removível (PPR);
  • Prótese total (PT).

O seu principal objetivo é a reabilitação bucal, em todas as suas funções: estética, fonética e mastigação. Repõe ou Restaura de forma indireta (por meio laboratorial) os dentes, por meio de confecção de próteses fixas (coroas em metal, porcelana e materiais poliméricos e pontes) ou próteses removíveis como prótese total, a popular dentadura ou prótese parcial removível, popular ponte móvel; recentemente encontramos próteses modernas produzidas sobre implantes como overdentures, próteses fixas livres de metal (metalfree) e próteses protocolo.

CONSULTÓRIOS

CONHEÇA NOSSAS UNIDADES CLÍNICAS

UNIDADE ARARAS

(24) 2225-0438

HORÁRIOS DE ATENDIMENTO

TERÇA-FEIRA

08:00 às 18:00

QUINTA-FEIRA

13:30 às 18:30

SÁBADO

08:00 às 11:30

ONDE ESTAMOS?

Estrada Bernardo Coutinho, 1877, Lojas 15 e 16
Araras, Petrópolis, RJ

UNIDADE SAPUCAIA

(24) 2271-1993

HORÁRIOS DE ATENDIMENTO

SEGUNDA-FEIRA

08:00 às 18:00

QUARTA-FEIRA

08:00 às 18:00

SEXTA-FEIRA

08:00 às 18:00

ONDE ESTAMOS?

Rua Papa João XXIII, 29
Centro, Sapucaia, RJ

DÚVIDAS E ORIENTAÇÕES

FIQUE ATENTO ÀS DICAS DO ESPECIALISTA

CÁRIE DE MAMADEIRA

É um tipo de cárie que acomete os dentes de leite de crianças pequenas, que estão acostumadas a ter sua alimentação através de mamadeiras açucaradas, principalmente no período noturno.
A criança quando adormece tem a diminuição do fluxo salivar, reduzindo a proteção natural que a saliva exerce sobre os dentes. O leite, aderido à estrutura dentária, provoca formação de ácidos que destroem o esmalte protetor dos dentes da criança.

COMO CUIDAR DA SAÚDE ORAL DE SEUS FILHOS?

A cárie é uma doença infecto-contagiosa que resulta da perda de minerais dos dentes afetados. Seu aparecimento depende da interação de pelo menos três fatores: hospedeiro (dentes e saliva), a microbiota da região e da dieta alimentar. A higiene oral tem como objetivos:

  • Remover a placa e os indutos que se acumulam sobre o complexo dentoperiodontal;
  • Reduzir a flora microbiana estagnada;
  • Prevenir a formação de tártaro;
  • Estimular a irrigação sanguínea;
  • Aumentar a massagem gengival.

A escova dental é o mais eficaz e o mais utilizado instrumento para a higiene bucal. Escolha as escovas que não traumatizem os músculos da bochecha e da língua e que atinjam os dentes do fundo da boca. É importante que ela possua cerdas da mesma altura, arredondadas e macias. O cabo reto é o recomendado porque oferece um bom apoio e bom sentido direcional no momento da escovação.O Método de Escovação varia de acordo com a idade:

Para Bebês:

  • Os pais devem sentar cada qual numa cadeira reta, de frente um para o outro, com os joelhos encostados. A criança deve ser deitada de costas sobre as pernas dos pais. As pernas e os braços do bebê devem ser contidos pelo pai.
  • A limpeza dos dentes do bebê devem ser feitas assim que os dentes começarem a erupcionar. As sessões de limpeza no início são muito curtas.
  • A mãe, com a cabeça da criança no colo, procede a escovação dos dentes com movimentos de vaivém.
  • A escova deve ser pequena, de cerdas macias e múltiplas, sem qualquer dentifrício (pasta de dente).

Para Crianças com Idade Pré-Escolar:

  • A criança deve ficar em pé na frente e de costas para a mãe e encostar a cabeça contra ela. Com a mão esquerda, se destra, a mãe segura a mandíbula e com os dedos afasta os lábios e bochechas.
  • A escovação é feita com a mandíbula paralela ao solo e com movimentos vaivém, nas faces vestibulares, linguais, oclusais e incisais.
  • Para a escovação dos dentes superiores, a cabeça da criança deve ser inclinada para trás. A mão esquerda afasta os lábios e bochechas, enquanto que a direita realiza os movimentos da escovação, idênticos para os dentes inferiores.
  • A inclinação para trás da cabeça facilita a visualização dos dentes superiores.
  • Utilize pouca pasta dental. Crianças muito pequenas não devem usar dentifrícios pois correm o risco de engolir, podendo haver intoxicação pelo excesso de flúor (fluorose).

O Fio Dental:

O uso do fio ou da fita dental é tão importante quanto o uso da escova de dentes. O fio dental garante a remoção de detritos que a escova não conseguiu remover. De acordo com estudos, a associação da escova com o fio dental pode remover 26% a mais de placa do que o uso isolado da escova. O seu uso deve ser estimulado a medida que a criança for crescendo.

Modo de usar:

  • Apanhar cerca de 60 cm de fio dental e enrolar no dedo médio da mão direita e esquerda, deixando livre cerca de 20 cm.
  • Passar o fio sobre a ponta dos polegares e indicadores, mantendo-se afastados cerca de 3 a 4 cm.
  • Deslizar o fio entre cada dois dentes, introduzindo-o suavemente, num movimento de vaivém, através do ponto de contato.
  • Puxar a fita ou o fio dental contra o dente. Fazer movimentos de vaivém da gengiva para a ponta do dente.
  • Repetir essa operação em todos os dentes, inclusive nos dentes do fundo da boca.

A Necessidade do Flúor e da Aplicação do Selante:

A pessoa que se alimenta de hora em hora, não dá a oportunidade para a saliva voltar à normalidade, tornando o local propício para as bactérias produzirem ácidos que irão destruir a estrutura dentária. A cárie inicial tem o aspecto de uma mancha branca. Essa mancha é reversível quando se escova os dentes com cremes dentais contendo flúor, bochechando-se com soluções fluoretadas e aplicações tópicas de flúor feita pelo cirurgião-dentista. Se essa mancha branca não for tratada ela progredirá, provocando cavitações e, com o tempo, atingir maior profundidade provocando dores muito fortes e infecções.A conservação da saúde bucal pode ser feita pelo controle da placa dental, da dieta e pelo uso do flúor. Como é muito difícil realizar o controle da placa e da dieta, é imprescindível o uso do flúor como meio complementar. O flúor induz a remineralização fortalecendo o elemento dentário. Os fluoretos chegam no nosso organismo através do alimentos que ingerimos (vísceras de animais, carne, ovos, leite), dos enxaguatórios bucais, do creme dental fluoretado, etc.

O hábito de bochechar após a escovação dentária é recomendado, pois o líquido penetra em regiões que não foram bem higienizadas pela dificuldade de acesso. Existe hoje no mercado algumas substâncias que além de antissépticos contém flúor. Esses líquidos tem a finalidade de aplicar o flúor, eliminando as bactérias causadoras da placa, prevenindo o mau hálito e as cáries nos locais de difícil acesso onde a escova e o fio dental não alcançam, proporcionando uma melhor higienização. Há regiões do dente onde nem a escova e nem o fio dental conseguem higienizar. Nessas regiões é necessária a aplicação de selantes. Os selantes são resinas fluidas que ao se polimerizarem, formam uma película contínua e resistente, utilizadas para obliterar sulcos e fissuras protegendo os dentes das cáries. Peça orientação ao seu dentista sobre as indicações e contra-indicações do uso do selante.

Dieta Alimentar:

O açúcar é a principal causa de degeneração dentária. Reduzir sua quantidade e freqüência e controlar certos tipos de doce que seu filho consome (pegajosos são mais perigosos que os líquidos) são passos importantes para evitar a degeneração dos dentes.

COMO EVITAR CÁRIES E DOENÇAS PERIODENTAIS?

Técnicas de Escovação:

Essa técnica é denominada Bass Modificada. Ela é considerada a mais eficiente em odontologia.

  • Sulco gengival: Coloque as cerdas da escova entre a gengiva e o dente, de modo a formar um ângulo aproximado de 45°. Pressione as cerdas suavemente, fazendo movimentos de vaivém, de tal maneira que as cerdas da escova vibrem dentro do sulco gengival.
  • Dentes anteriores: Na face interna dos dentes anteriores, nos de cima e nos de baixo, posicione a escova de forma frontal e inclinada, introduzindo no sulco gengival as cerdas frontais da escova fazendo os mesmos movimentos vibratórios.
  • Faces interna e externa: Coloque as cerdas em posição perpendicular às faces laterais dos dentes, pressionando -as levemente, e faça movimentos vibratórios, sem que as cerdas saiam do espaço interdental, abrangendo dois dentes de cada vez.
  • Face mastigatória (oclusal): Coloque as cerdas da escova nas faces mastigatórias dos dentes, abrangendo no máximo dois dentes de cada vez, e repita os movimentos da fase anterior

Flúor:

O uso diário do flúor é considerado o principal instrumento no combate às cáries, como indutor de remineralização, deixando os dentes mais fortes aos ataques dos ácidos produzidos pelas bactérias. O flúor é encontrado na água distribuída à população (certas regiões), em cremes dentais, na forma de gel, etc. Sua aplicação é recomendada para crianças e adultos. É tóxico em doses exageradas!

O Uso do Fio Dental:

O uso do fio ou da fita dental é tão importante quanto o uso da escova de dentes. O fio dental garante a remoção de detritos que a escova não conseguiu remover. De acordo com estudos, a associação da escova com o fio dental pode remover 26% a mais de placa do que o uso isolado da escova. Modo de usar:

  • Apanhar cerca de 60 cm de fio dental e enrolar no dedo médio da mão direita e esquerda, deixando livre cerca de 20 cm.
  • Passar o fio sobre a ponta dos polegares e indicadores, mantendo-se afastados cerca de 3 a 4 cm.
  • Deslizar o fio entre cada dois dentes, introduzindo-o suavemente, num movimento de vaivém, através do ponto de contato.
  • Puxar a fita ou o fio dental contra o dente. Fazer movimentos de vaivém da gengiva para a ponta do dente.
  • Repetir essa operação em todos os dentes, inclusive nos dentes do fundo da boca.

Dieta Alimentar:

A manutenção de uma dieta saudável é extremamente importante para a saúde bucal. Diminua ou evite o consumo de bebidas ou alimentos açucarados. Ao comer alimentos de alto conteúdo cariogênico, faça-o nas refeições principais e a seguir escove bem os dentes. Coma de preferência carne, peixe, frutas, derivados do leite e aves.

COMO PROCEDER DIANTE DOS TRAUMAS DENTÁRIOS

Em Caso de Fratura Dental:

  • Procure o fragmento fraturado;
  • Coloque dentro de um recipiente com água limpa ou leite;
  • Procure seu dentista com o fragmento. O pedaço do dente poderá ser colado no local.

Quando Ocorre Mobilidade ou Desalinhamento Dental:

  • Pegue uma gaze limpa e tente alinhar suavemente o dente com os demais;
  • Nunca tente pressionar forçadamente o dente.
  • Procure seu dentista imediatamente pois o tempo é fundamental para salvar o dente.

Quando o Dente sai Inteiro da Boca:

  • Procure o dente;
  • Lave em água corrente, nunca remova a gengiva que está em torno do dente;
  • Coloque o dente da criança num recipiente contendo leite ou água filtrada;
  • Procure seu dentista imediatamente, pois o tempo é fundamental para preservação do dente.

CUIDADOS COM A PRÓTESE TOTAL (DENTADURA) E PARCIAL (ROACH)

Invariavelmente devem ser escovadas com escovas de unha e com detergente neutro, já que os cremes dentais têm em sua composição abrasivos, que causam maior desgaste dos dentes artificiais. A periodicidade dessa prática deve ser realizada após cada refeição e antes de dormir e ao acordar, pois placas bacterianas também se formam sobre as próteses. E, caso as placas não sejam removidas adequadamente, podem provocar uma série de doenças.

Os dentes artificiais das dentaduras exigem uma correta higiene para evitar o risco de disseminação de infecções que podem provocar a “endocardite” (inflamação de um tecido do coração) ou a “pneumonia por aspiração” dos microrganismos, e que podem levar o idoso à morte. À noite, antes de se recolher, após promover a limpeza da prótese, deve colocá-la em um recipiente fechado com água. Mas é importante que o paciente não durma com a prótese para proporcionar um relaxamento dos tecidos de suporte.

Se tiver dentadura mas também tiver dentes, deve-se usar uma escova para dentadura e outra escova macia para os dentes naturais. Já os que não têm dentes, devem promover a limpeza das mucosas e gengivas, utilizando-se de solução de digluconato de clorexidina a 0,12% sem álcool, aplicada numa gaze, ou escovação de toda gengiva e língua com escova macia e creme dental.

DÚVIDAS SOBRE O TRATAMENTO ORTODÔNTICO

Por que durante o tratamento ortodôntico com aparelho fixo a higiene bucal é difícil?

A instalação do aparelho ortodôntico fixo e a presença de braquetes (peças coladas nos dentes), bandas (anéis cimentados nos dentes), fios e demais acessórios fazem com que aumentem as áreas que retêm os alimentos, provocando, assim, um maior acúmulo de placa bacteriana.

O que é placa bacteriana?

É uma película de cor branca, cinzenta ou amarelada que se adere ao dente, em volta dos braquetes, e é constituída de restos de alimentos, microrganismos, células descamadas. A falta de higiene bucal faz com que ela se torne espessa e de difícil remoção.

O tipo de alimentação interfere na higiene bucal e no bom andamento do tratamento ortodôntico?

Sim. Deve-se evitar a ingestão de alimentos açucarados e pegajosos: balas, pirulitos, chicletes, que prejudicam os dentes, aumentando o risco de contrair a doença cárie. Evitar também a ingestão de alimentos duros como a pipoca e o amendoim e frutas como a maçã e a pêra, que devem ser cortadas em pedaços, pois o impacto da mordida pode danificar o aparelho fixo.

É verdade que o aparelho ortodôntico fixo mancha os dentes?

Não. O que pode acontecer é a falta de higiene do paciente provocar um acúmulo de placa bacteriana, principalmente ao redor dos braquetes (peças coladas nos dentes). Como a placa concentra restos alimentares e microrganismos vivos, vai haver uma deterioração da superfície do esmalte, provocando manchas brancas ou marrons e, posteriormente, cáries.

E em relação aos aparelhos removíveis?

Recomenda-se, além da higiene dos dentes, a do aparelho com a mesma frequência, escovando-o diariamente com creme dental, buscando-se evitar a retenção de placa no aparelho, e o consequente sabor desagradável. Mensalmente, pode-se deixar o aparelho imerso em um anti-séptico bucal por 15 minutos. Nunca se deve ferver o aparelho.

Qual a escova dental recomendada?

A escova dental apropriada é aquela com cerdas arredondadas e macias. Existem no mercado escovas dentais próprias para a higiene do aparelho fixo, com pequenos tufos (unitufo, bitufo). A vida útil das escovas dentais dos pacientes ortodônticos é menor. Portanto, ela deve ser substituída sempre que necessário.

Qual a técnica de escovação recomendada?

A duração da escovação é importante. Existem diferentes técnicas que devem ser ajustadas individualmente a cada paciente. A escovação horizontal (vai-e-vem) deve ser evitada: ela machuca a gengiva e provoca erosão (cavidades) nos dentes. Os movimentos com a escova no sentido da gengiva para os dentes, como se estivesse “varrendo” e, ao mesmo tempo, massageando a gengiva, ajuda a remover a placa bacteriana e a manter a gengiva saudável.

Além da escova dental, quais outros procedimentos para melhorar a higiene?

O uso do fio dental é muito importante. Deve-se lançar mão do passa fio (uma agulhinha de plástico), que ajuda a passar o fio entre os dentes. O uso de bochechos com soluções fluoretadas (fluoreto de sódio a 0,05%, 1 vez ao dia, de preferência à noite, antes de dormir) auxilia na proteção do esmalte dos dentes e inibe a aderência de placa bacteriana. Essa solução não deve ser engolida. Sempre que possível, os pacientes devem levar ao consultório suas escovas para praticar a escovação sob supervisão do ortodontista.

TÉCNICA DE HIGIENIZAÇÃO PARA BEBÊS

Proceda a limpeza da boca do bebê da seguinte maneira:

  1. Misture bem 1 (uma) colher de sopa de água oxigenada 10 volumes, mais 3 (três) colheres de sopa de água filtrada ou fervida. guarde em um frasco plástico tipo conta-gotas. Para a limpeza molhe uma ponta de fralda com essa solução, esfregando nos dentes e por dentro da boca, inclusive língua, no mínimo, uma vez ao dia, à noite, após a última mamada.
  2. Controle o açúcar, evite as mamadas noturnas, evite alimentar entre as refeições.
  3. Leve seu filho ao dentista antes de nascerem os primeiros dentinhos.Você deverá receber todas as orientações sobre limpeza, aplicação de flúor e sobre a dieta alimentar. Não se esqueça de voltar ao seu odontopediatra na data marcada.

Você Sabia?

  • Pode-se realizar o atendimento odontológico em seu bebê?
  • O tratamento preventivo precoce reduz em 90% a necessidade de tratamento curativo no futuro?
  • A limpeza/escovação após a erupção dos primeiros dentes pode evitar cárie e outras doenças?
  • A amamentação noturna pode causar cárie de mamadeira?
  • O leite materno é essencial para o bebê, pois possui todos os nutrientes que a criança necessita. Após cada mamada, deverá ser feita a limpeza da boca do bebê, para que ele se acostumar com essa atividade e não estranhar quando for feita nos primeiros dentinhos. Todos os tipos de leite provocam cárie.

PRÉ-AGENDE UMA CONSULTA

ENTRAREMOS EM CONTATO PARA CONFIRMAR SEU ATENDIMENTO

UNIDADE ARARAS

(24) 2225-0438
Estrada Bernardo Coutinho, 1877, Lojas 15 e 16
Araras, Petrópolis, RJ

SEU NOME (OBRIGATÓRIO):

É OU JÁ FOI NOSSO PACIENTE? (OBRIGATÓRIO): SIM, SOU PACIENTE SIM, JÁ FUI PACIENTE NÃO SOU PACIENTE

SEU E-MAIL (OBRIGATÓRIO):

TELEFONE PARA CONTATO (OBRIGATÓRIO):

DIA PREFERENCIAL PARA CONSULTA (OBRIGATÓRIO): TERÇA-FEIRA QUINTA-FEIRA (TARDE) SÁBADO (MANHÃ)

HORÁRIO PREFERENCIAL PARA CONSULTA (OBRIGATÓRIO):

SUA MENSAGEM:

UNIDADE SAPUCAIA

(24) 2271-1993
Rua Papa João XXIII, 29
Centro, Sapucaia, RJ

SEU NOME (OBRIGATÓRIO):

É OU JÁ FOI NOSSO PACIENTE? (OBRIGATÓRIO): SIM, SOU PACIENTE SIM, JÁ FUI PACIENTE NÃO SOU PACIENTE

SEU E-MAIL (OBRIGATÓRIO):

TELEFONE PARA CONTATO (OBRIGATÓRIO):

DIA PREFERENCIAL PARA CONSULTA (OBRIGATÓRIO): SEGUNDA-FEIRA QUARTA-FEIRA SEXTA-FEIRA

HORÁRIO PREFERENCIAL PARA CONSULTA (OBRIGATÓRIO):

SUA MENSAGEM: